Como Realizar no Impossível [PARTE 2]

http://youtu.be/j1fFHjVxB1o

Essa foi uma palestra do mega empresário Ricardo Bellino, no meu evento em 2016, foi inesquecível! Esse ano farei outro evento e será 10X melhor, você não é louco de perder, não é?

Venha aprender com os maiores empresários do Brasil e do mundo. Adquira seu ingresso antes que acabe. Clique no Link: http://brunopinheiro.me/empreendasf-yt?utm_content=j1fFHjVxB1o

O que que, de fato, são os valores que nos faz ser uma pessoa diferente?
Não é melhor e nem pior, apenas diferente. E eu fiquei pensando nisso, quando eu perdi meu pai, semana passada.
O que que, de fato, aquele homem fez por mim para eu me tornar uma pessoa com a capacidade de acreditar no impossível?
E aí eu me lembrei, o dia que ele me ensinou a andar de bicicleta.
E que ele tirou as rodinhas da minha bicicleta. E foi aquela sensação de liberdade, independência e empoderamento. Quando ele tirou as rodas da minha bicicleta e me deu aquele empurrão, eu senti aquele poder e aquela alegria de estar em equilíbrio e poder conduzir aquela bicicleta.
E parece coisa simples, né?
O meu sucesso não depende, ou não dependeu de nenhuma fórmula mirabolante de sucesso, mas da inspiração de coisas tão lúdicas e tão simples, quanto o sentimento de empoderamento que aquele homem me deu ao me empurrar na bicicleta sem rodinha.
E, da minha homenagem ao meu pai, que eu perdi essa semana, que me inspirou e me ensinou coisas muito interessantes. E que me fizeram também pensar, se fosse hoje o último dia da sua vida, você está satisfeito com aquilo que você realizou na sua vida?
Nos sonhos desfeitos ou no sonho que você adiou ou você, realmente, teve a coragem, o atrevimento de tentar mesmo correndo o risco de errar.
No ano passado eu perdi um outro pai, que eu chamava de ”pai osmótico”, e que me deixou um legado, me deixou um a incumbência de fazer a ologia dele, as últimas palavras na cerimônia de sepultamento dele e eu tenho uma mensagem dele que eu nunca me esqueço.
Que ele dizia o seguinte: ”eu não me arrependo de nada na minha vida, só de uma pequena coisa, dos beijos que deixei de dar”. Então, pense bem isso, porque não existe empreendedor de sucesso, pessoa de sucesso que não tenha esse compromisso com a sua vida.
Todo o resto é consequência. O Sucesso vem precedido da felicidade, não o contrário.
Você não se tornará feliz porque tem sucesso, não se engane.
Você terá sucesso porque você encontrou uma maneira de ser feliz e cada um vai encontrar a sua forma de ser feliz. Eu encontrei a minha, eu encontro a minha todos os dias. E, quando ela está desviando, eu vou lá e trago ela de volta.
Porque sucesso e dinheiro não é fórmula de felicidade.
Eu acho que é importante cada um ter isso muito claro. Porque não adianta vir aqui é absorver todo esse conhecimento e compartilhar essas experiências se você não acreditar nisso profundamente.
Eu, alguns anos atrás, fui convidado para fazer uma conferência em Recife, e Recife tem essa cultura dos cordéis, que são essas ilustrações, essas poesias simples, das pessoas simples de Pernambuco.
E, uma imagem me chamou muito a atenção quando eu cheguei nesse centro de convenções, da onde eu fui fazer minha conferência, que era o contador de mentiras.
Quando eu vi essa imagem eu falei… ”Esse cara sou eu”!
Todo mundo achava que era uma loucura todas as minhas ideias.
Achavam que era uma grande mentira.
Você imagina um cara de 20 anos se atrever a ser o sócio do John Casablancas. Não falava inglês, não tinha dinheiro, não conhecia ninguém na indústria da moda. Imagina que conversa de maluco!
Meus amigos falavam: ”Tá louco, querido? Esquece isso! Termina aí o científico é vai fazer a faculdade, pow. FOCA”.
Bom, se eu tivesse acreditado na grande mentira que se conta, todos os dias, na sua casa, na igreja, no clube…
Não se engane. Quem destrói o seu sonho não é o seu inimigo não, é o seu melhor amigo.
É a pessoa com quem você tem confiança, claro, você vai pedir a opinião de um cara que você tem confiança, você vai acreditar. Você nem questiona.
Teu pai te diz: ”Tá louco, querido? Para com isso, vai estudar”!
Você nem pensa mais no assunto. Se você acreditar nessa grande mentira, a sua vida está condenada à mediocridade, você pode ter certeza disso.
E, graças a Deus, eu nunca acreditei nessa mentira. E, por isso, nunca me deixei inibir pela falta de algum recurso, seja ele financeiro, ou alguma capacidade para me lançar em uma aventura nova a cada momento que eu me inspiro e sou impactado por alguma coisa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *